Somos especialistas na arte de Placemaking. Criamos lugares para viver e serem vividos pelas comunidades e visitantes

Somos uma equipa multidisciplinar, local e internacional (UK), dotada de fortes competências nas várias disciplinas da arte de criar lugares de sucesso. Introduzimos uma dimensão central no pensamento contemporâneo do espaço – as pessoas – a que chamamos a 4ª Dimensão do Espaço. Por isso dizemos que pensamos o espaço a 4D, onde a relação das pessoas com o espaço é o coração da nossa acção.

Juntos por uma Missão

Um grupo de conhecedores e apaixonados pela arte de Placemaking movidos pela missão de criar e transformar espaços em lugares inspiradores, vibrantes e equilibrados, capazes de atrair comunidades diversas. Com o imperativo de assegurar um desenvolvimento local sustentável e um legado duradouro para as gerações futuras.

Equipa hands-on

Somos uma equipa hands-on, focada em apresentar soluções, apaixonada por espaços e pessoas, com as competências e o conhecimento próprios para ajudar a alcançar resultados positivos em toda a gama de oportunidades do desenvolvimento de lugares, em variadas configurações e escalas.

O nosso contributo

Não imaginamos apenas. Temos a capacidade e a paixão de transformar potencial em realidade. Temos a amplitude e profundidade de experiência, o conhecimento e a vontade para fazer com que isso aconteça. Não só porque podemos, mas porque devemos e queremos trabalhar para lugares melhores. É o nosso contributo para um mundo melhor.

História

Desde o início, o nosso objectivo foi sempre criar lugares melhores para visitar, viver e serem vividos.

Era uma vez...

O que em 2009 começou como uma plataforma dedicada ao Turismo Cultural – a Consultal – evoluiu, no início de 2015, para uma plataforma de Placemaking,  com a ambição de pertencer a uma nova geração de organizações especialistas no pensamento e criação de lugares de forma multidisciplinar, contemporânea e totalmente integrada.

Mudança de paradigma

Acreditamos que o desenho e o planeamento modernos de lugares têm que demonstrar uma mudança radical no pensamento holístico sobre o espaço, na capacidade de imaginar o futuro e nos níveis de cooperação entre disciplinas, pela complexidade das tarefas que se colocam hoje à criação e gestão dos nossos espaços. A criação da Placemakers é a nossa resposta a esses desafios.

Equipa multidisciplinar

Por isso, reunimos na Placemakers uma ampla gama de talentos – de economistas a historiadores, de urbanistas a museólogos, de engenheiros a especialistas em turismo, de gestores a arquitectos – capazes de responder aos novos desafios dos espaços contemporâneos e às necessidades dos nossos clientes, sejam elas motivadas pela dinamização económica, social, cultural ou ambiental do lugar. Sempre com uma paixão em comum: fazer lugares melhores para viver e serem vividos.

Filosofia

Fazemos parte do movimento global que acredita que a arte de Placemaking deve estar ao serviço da qualidade de vida e da experiência dos espaços, através da excelência dos lugares que desenvolvemos. Por isso, rodeamo-nos de pessoas, ideias e conhecimento que partilham a mesma paixão: criar lugares inspiradores, vibrantes e sustentáveis. Uma paixão marcada por uma forma única de fazer Placemaking.

Acreditamos no poder da interdisciplinaridade

Para cada projecto, juntamos à nossa equipa nuclear especialistas nas disciplinas mais relevantes do conhecimento e da prática, com visão e sensibilidade para analisar o contexto e as várias dimensões da vida de um lugar – seja um antropólogo, um engenheiro ou um artista – de acordo com os objectivos do projecto e o ADN do lugar.

Começamos sempre com pesquisa

A nossa abordagem começa sempre com pesquisa sobre o lugar – território, comunidade, mercado, tendências – e sua interacção, que acreditamos serem os elementos fundamentais que irão definir o projecto e seu planeamento e a única forma possível de maximizar todo o potencial do lugar, respeitando a sua história, valores e identidade e desvendando a sua alma.

Promovemos a sustentabilidade

Nunca nos esquecemos do objectivo final: garantir um legado duradouro do nosso trabalho. Por isso procuramos criar lugares que são económica, social e ambientalmente sustentáveis, equilibrando e respeitando as várias dinâmicas presentes no lugar em que intervimos.

Somos orientados para o mercado e sensíveis à comunidade

Nós consideramos um projecto no seu verdadeiro contexto, reconhecendo e valorizando as forças do mercado e os utilizadores do espaço, ao mesmo tempo que nunca perdemos de vista a sua integração na comunidade local e o espírito do lugar.

Trabalhamos em estreita parceria

Promovemos o envolvimento e o trabalho em conjunto com os nossos clientes e todos os stakeholders relevantes para o sucesso do projecto, tentando agregar valor a todas as partes. Trabalhando em conjunto acreditamos que a escala do que podemos realizar é maior do que qualquer esforço único por si só pode alcançar.

Oferecemos uma abordagem integrada

Quer se trate apenas de uma fase do ciclo de vida do projecto ou de todo ele, é nossa responsabilidade aplicar a visão criativa, os conhecimentos técnicos, a capacidade interdisciplinar e a experiência local para dar resposta ao desafio, integrando as várias competências necessárias e oferecendo toda a cadeia de valor de criação, planeamento, implementação e gestão operacional de um projecto de Placemaking de sucesso.

Equipa Placemakers

Unidos por uma paixão: criar lugares inspiradores, vibrantes e sustentáveis.

A equipa Placemakers em Portugal trabalha em grande proximidade com a Placemakers UK, alavancando o intercâmbio técnico de experiências e culturas, o que permite enriquecer as nossas várias dimensões da arte de fazer lugares e surpreender na qualidade das nossas respostas.

Simon Punter

Simon Punter

Sócio-fundador

Um apaixonado por Portugal, onde vive há mais de 30 anos, é o fundador da Consultal, actual Placemakers . Simon foi responsável pelo desenvolvimento do Laboratório de Turismo Cultural ILM focado na simbiose entre turismo e cultura no contexto das Visitor Attractions, e no desenvolvimento e valorização do seu potencial como catalisadores socioeconómicos. Formado em gestão e com uma experiência empresarial internacional, traz conhecimentos importantes de turismo e cultura para o enriquecimento e contextualização dos projetos.

Ângela Rodrigues

Ângela Rodrigues

Arquitectura

Mestrado em Arquitectura, Univ. Lusíada Lisboa. Viveu no Rio de Janeiro até aos 11 anos, idade com que chega a Portugal. Licenciou-se em Ciências da Arquitectura pela Universidade Lusíada de Lisboa e fez uma breve passagem pela área da Publicidade. Desenvolveu projectos de equipamento público e residencial. Escolheu Nova Iorque para estudar Mixed-Media, na School of Visual Arts, onde acabou por ficar a viver durante dois anos. De volta a Lisboa retoma a Arquitectura com projectos em diversas áreas, incluíndo habitação, reabilitação, planeamento e gestão de obras, em escritório próprio no coração de Lisboa.

Susana Morais

Susana Morais

Paisagismo

Master of Science (MSc) em Environmental Planning, UC Berkeley, USA. Formada em Arquitetura Paisagista, com um Mestrado em Planeamento Ambiental e uma pós-graduação em Planeamento Regional e Urbano, tem mais de uma década de experiência na área de recreio e lazer e desenvolvimento de projetos de turismo sustentável. Susana Morais tem colaborado com a Placemakers em diversos projectos, em particular na sua área de eleição – turismo e lazer.

Rita Neves

Rita Neves

Turismo

Com pós graduação em Implementação e Desenvolvimento de Produtos Turísticos e mais de uma década de experiência em Turismo, em específico no desenvolvimento de projetos turístico culturais e de lazer, integrando equipas nacionais e internacionais, Rita fez parte da equipa do Laboratório de Turismo Cultural ILM. A experiência adquirida, a paixão pelo desenvolvimento turístico sustentável e o entendimento das necessidades do turista do Séc. XXI, aliados à sua capacidade de idealizar experiências orientadas para mercados de nicho, resulta na formulação criativa, equilibrada e pragmática de conceitos e soluções para destinos e recursos turístico-culturais.

João Belard Correia

João Belard Correia

Território

É sócio-gerente da Terraforma, empresa que actua no planeamento, ordenamento do território, gestão urbanística e mobilidade. Os seus conhecimentos na área do território e de regeneração urbana contribuem para a contextualização e integração dos nossos projectos de Placemaking. Tem coordenado e integrado equipas de plano e projecto em diversas áreas de actuação, quer em Planos Territoriais, Estratégia de Reabilitação Urbana, Apoio Urbanístico, Mobilidade, entre outras.

Simon Ody

Simon Ody

Visitor Attractions

Com uma experiência em Visitor Attractions com mais de 20 anos, incluindo uma passagem de 10 anos pelo Grant Leisure Group, tem hoje uma reputação internacional como um dos mais conceituados consultores na sua área. Diferencia-se pelos seus conhecimentos práticos e operacionais de quem já foi ou representou investidores neste sector. Hoje é director executivo da Placemakers UK, uma empresa especialista na consultoria de projectos turísticos e culturais, com trabalho desenvolvido em várias partes do mundo.

Inês Proença

Inês Proença

Estudos Urbanos e Culturais

Master of Science (MSc) em Estudos Urbanos e Culturais, Fundação Getúlio Vargas, Rio de Janeiro, Brasil. Formada em Gestão e Administração de Empresas pela Universidade Católica Portuguesa e com quase 15 anos de experiência em empresas multinacionais do Grande Consumo e Real Estate Retail, em 2012 promoveu uma mudança radical na sua vida para seguir uma paixão: o estudo da cidade. Fez Mestrado Académico em Estudos Urbanos e Culturais, no Rio de Janeiro, onde viveu 3 anos, focando a sua investigação em Regeneração Urbana, Economia Cultural, Património e Espaço Público, tendo colaborado em projectos de referência nestas áreas, em Lisboa e no Rio de Janeiro.

Martha Seabra

Martha Seabra

Museologia e História

Formada em História de Arte e com um Mestrado em Museologia, é no âmbito desta última disciplina que tem colaborado com a Placemakers, nomeadamente ao nível da concepção e apreciação de espaços e conteúdos e da mediação entre o interesse comercial dos projectos desenvolvidos, os critérios académicos e o valor para o visitante. À vertente privada da cultura junta ainda a experiência de ter trabalhado na área do património no sector público.

Tim Rusby

Tim Rusby

Visitor Attractions

Ao longo dos últimos 25 anos, um pouco por todo o mundo, liderou e colaborou em inúmeros projectos, de âmbito privado e público, no sector das Visitor Attractions enquanto promotor, design manager, project manager, empreiteiro e operador. Profissional e criativo, visionário pragmático e energético, é detentor de uma vasta experiência em todas as etapas e fases de um projecto. Foi co-fundador e director da The Visitor Attraction Company, Director na Paragon Entertainment e foi presidente da Themed Entertainment Association (TEA) na Europa.

Others may have skills, but few of us have passion as well

Simon Punter

Sócio-fundador, Placemakers

Associados

A postura consolidada da Consultal, que agora se estende à Placemakers, em contribuir para o conhecimento e desenvolvimento do nosso sector, muitas vezes de forma altruísta, permitiu-nos criar relações privilegiadas com entidades na área de Placemaking a nível internacional. Estas incluem fundações e organizações not-for-profit internacionais que, apesar de não terem o hábito de estabelecer parcerias com o sector privado, muito nos honraram com o seu apoio à Placemakers pelo cariz particular do nosso projecto e a forma como o fazemos.

T

Especialistas

Para cada projecto, juntamos à equipa permanente da Placemakers os Especialistas Sectoriais: profissionais da nossa rede com conhecimentos relevantes para as peculiaridades da cada desafio. Eles complementam a nossa equipa nuclear na sua abordagem holística de um espaço, introduzindo conhecimentos específicos, quer em termos de disciplinas, quer de conhecimento local, lembrando que para nós cada projecto e cada lugar têm características absolutamente únicas.